*
 

A esposa do uruguaio Andres Antonio Ibarra Franco procura informações sobre o paradeiro do marido, desaparecido desde o último dia 24 de setembro. Ele saiu para trabalhar como camelô, por volta das 11h do sábado, e não voltou mais para casa. A esposa, Elza Maia, 46 anos, já foi a hospitais e ao Instituto Médico Legal (IML) em busca dele, mas sem sucesso.

O casal mora no Guará II e está junto há 10 anos. Elza afirma que o marido estava com sinais de depressão nos últimos dias por não conseguir emprego em restaurantes, área na qual é especializado. Além disso, ele estaria triste por não ter condições de ajudar os dois filhos, que moram em outro estado. “Ele já tinha ficado assim antes e até costumava sair de casa e viajar nesses momentos. Mas, desta vez, tudo está muito estranho, porque ele não entrou em contato”, afirma.

De acordo com a esposa, Andres saiu de casa apenas com a roupa do corpo. Ele vestia um short e uma camiseta. Os colegas que trabalhavam próximo a ele não o viram no dia que desapareceu. Elza também entrou em contato com familiares dele na Argentina e no Uruguai, mas ninguém tinha informações sobre o marido.

“A gente tinha apenas brigas normais, e sempre nos resolvíamos. Também não acredito que ele possa ter outra mulher”, afirma Elza. Ela registrou ocorrência e o caso é investigado pela 4ª Delegacia de Polícia (Guará).

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Andres pode entrar em contato com a esposa (Elza) pelos telefones (61) 9 81829435 ou (61) 9 95216380.

 

 

COMENTE

Guará IIdesaparecidoAndres Antonio Ibarra
comunicar erro à redação