*
 

O Índice de Preços ao Consumidor (IPCA), que mede a inflação oficial, registrou desempenho negativo no Distrito Federal no mês de fevereiro. O percentual de -0,03% registra uma queda no valor dos produtos e serviços. As principais reduções no bolso do consumidor brasiliense ocorreram nos preços de alimentos, bebidas e transporte.

A deflação só não foi maior porque as despesas com educação, em função da volta às aulas, tiveram aumento de 3.56%.

Entre os produtos que tiveram maior queda estão a banana (-27,14%), cebola (-13,11) e feijão carioca (11,12%). As passagens aéreas caíram 16,57%).

Em janeiro, o IPCA brasiliense ficou em 0,72%, pressionada pelo reajuste das passagens de metrô e ônibus. No ano de 2017, a inflação no Distrito Federal acumula alta de 0,69%. No período de 12 meses, 4,65%.

Reprodução/IBGE

 

Nacional
A inflação nacional fechou fevereiro com alta de 0,33% ante uma variação de 0,38% em janeiro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O porcentual é o mais baixo para o mês desde 2000.

A taxa acumulada pela inflação no ano foi de 0,71%. No acumulado em 12 meses, o IPCA foi de 4,76%.

 

 

COMENTE

ibgeipcadeflação
comunicar erro à redação