*
 

O cabelo bem arrumado e perfeitamente inclinado para cima chama a atenção de quem embarca no ônibus da linha 106.2, que circula entre as asas Sul e Norte. Óculos escuros e uma jaqueta também ajudam a compor o look do cobrador que vem ganhando as redes sociais pela semelhança com o personagem Wolverine, herói famoso nos quadrinhos e no cinema.

Apesar de ser conhecido pelos colegas apenas como “Wolverine”, o homem, que trabalha como rodoviário há oito anos, chama-se Fernando das Neves Melo, 39 anos. Morador de Planaltina e pai de quatro filhos, ele conta que aderiu ao visual do X-Men em 2015. “Antigamente, mantinha apenas a barba e, ainda assim, falaram que eu parecia com o Hugh Jackman. Na época, nem sabia que se tratava do ator que faz o Wolverine”, contou.

Aos poucos, Fernando foi assistindo aos filmes e conseguiu notar semelhanças marcantes com o herói. “Já gostava do personagem nos quadrinhos, mas quando vi o Hugh o interpretando, consegui me enxergar em algumas cenas. Foi aí que decidi mudar”, disse.


No início, não foi fácil. O cabelo demorou a crescer e Fernando tinha receio de ir a um barbeiro e pedir o corte. “É complicado, porque sou muito tímido. Não sabia se as pessoas entenderiam. Sempre que eu ia, eles cortavam a lateral do meu cabelo, justamente a parte que demora mais a crescer”, contou.

Foi então que ele decidiu recrutar a irmã para uma missão especial: transformá-lo em “Wolverine”. Pesquisou fotos do personagem na internet e chegou ao que hoje considera perfeito.

Pensa que é fácil manter o visual impecável? Diariamente, são necessários alguns minutos de escova, pomada modeladora nos fios e, claro, spray fixador para manter o penteado alinhado. De 20 em 20 dias, ele apara as pontas. A irmã é quem cuida disso.

O uniforme da empresa de ônibus não tira o brilho do personagem. Ele é reconhecido e, às vezes, dá até autógrafo para as crianças. O Metrópoles acompanhou nesta quinta-feira (5/1) uma manhã de trabalho de Fernando. Antes mesmo de sair do terminal da Asa Sul, o cobrador é parado por colegas que pedem para ele fazer a tradicional pose de luta. O personagem do cerrado conversa com todos e esbanja simpatia. Cara fechada apenas para tirar foto, afinal, o Wolverine não costuma distribuir sorrisos.

Sou assim porque me faz bem. Não busco fama ou agradar a alguém. Acho que não temos de pensar no que os outros irão dizer"
Fernando das Neves Melo

Críticas
A capacidade que o mutante tem de regenerar as células foi absorvida por Fernando de uma forma diferente. Ele tenta não se importar com os deboches e críticas. Ao ficar chateado, lembra da grande quantidade de elogios que recebe.

“Já me chamaram de louco, me pediram para cortar o cabelo, mas recebo tanto carinho dos passageiros que tento não me abalar”, completou. Nos dias de folga, Fernando tenta seguir o estilo do Wolverine. Gosta de usar calça jeans, camiseta e jaqueta.

Os filhos se acostumaram com a fama do pai. Na escola deles, Fernando é uma celebridade. Uma das professoras dos pequenos, inclusive, chegou a pedir para que o cobrador evite falar com ela dentro da sala, devido ao alvoroço que os estudantes fazem. “Ela me pediu para passar um pouco longe e acenar para ela vir (risos). Mas, na hora da saída, não tem como. É uma festa”.

Repercussão na internet:

 

 

 

COMENTE

Wolverinecobrador
comunicar erro à redação