*
 

Os brasilienses estão sendo castigados pelas altas temperaturas desde o começo do mês. Nesta quarta-feira (8/2), Dia Internacional da Mulher, a máxima chegou a 31ºC. Nesta quinta-feira (9), o calorão vai continuar, e forte.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a máxima nesta quinta deve chegar a 32ºC. O calor deve continuar pelo menos até o próximo fim de semana e, por enquanto, não existe previsão de chuva para o DF.

Com a umidade relativa do ar em 34%, a recomendação é se manter bem hidratado e evitar exposição ao sol nos horários mais quentes do dia. Para amenizar a temperatura, o brasiliense se vira como pode.

O calor deve continuar pelo menos até o próximo fim de semana e, por enquanto, não existe previsão de chuva para o DF. Com a umidade relativa do ar em 34%, a recomendação é se manter bem hidratado e evitar exposição ao Sol nos horários mais quentes do dia.

Para amenizar a temperatura, o brasiliense se vira como pode. A reportagem do Metrópoles flagrou banhistas no Lago Paranoá nesta quarta, enquanto outros recorreram ao picolé.

Em plena crise hídrica, a notícia de que as chuvas vão ficar cada vez mais escassas preocupa. O volume pluviométrico para o mês de janeiro de 2017 foi de 145,7 milímetros. Se comparada com a média histórica, essa quantidade é bem maior: 247,4 milímetros.

Já em fevereiro, o volume total foi de 258,8mm, pouco acima da média, de 217,5mm. Em relação a março, até esta quarta, choveu 23,6mm. Historicamente, o volume total para o mês é de 180,6 milímetros.

 

Confira fotos:

 

 

COMENTE

DFcalor
comunicar erro à redação