*
 

O frio que está castigando o brasiliense não deve dar trégua nem tão cedo. Na madrugada desta quarta-feira (5/7), o Distrito Federal registrou novo recorde de menor temperatura, quando os termômetros marcaram 8,2º C, com sensação térmica de 5º C, na estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) do Coopadf, próximo à São Sebastião.

As rajadas de vento nas primeiras horas do dia fizeram a sensação térmica chegar a 4º C no Gama, quando os termômetros marcavam, em média, 12,2º C. Na estação meteorológica de Águas Emendadas, a temperatura mínima registrada foi de 10,3 °C, mas, por conta dos ventos, a sensação térmica foi de mais frio ainda, 8° C, segundo o órgão.

No centro da capital, a menor temperatura registrada foi de 10,1º C, com sensação térmica de 7° C. A previsão é de que o frio intenso continue. Também não está descartada a possibilidade de temperaturas ainda mais baixas, de acordo com o Inmet.

“Até os dias 8 e 9 de julho, teremos temperaturas variando em torno de 10 graus com pequenas oscilações. A sensação térmica é muito relativa, depende da força do vento, e cada ser humano sente o frio de uma forma.  Estamos em pleno inverno e existe a possibilidade de dias ainda mais frios”, explicou o meteorologista Luiz Cavalcanti.

Na terça (4), os termômetros haviam marcado a menor temperatura até hoje, em 2017. Em Planaltina fez 8,5 ºC e a sensação térmica chegou a 2º C na Estação de Águas Emendadas, um dos pontos mais altos da cidade.

Veja as imagens:

 

 

COMENTE

inmetfriosensação térmica
comunicar erro à redação