*
 

O Corpo de Bombeiros teve trabalho na madrugada desta sexta-feira (2/12) por conta da chuva. A corporação foi acionada para realizar diversos atendimentos de emergência em diferentes regiões administrativas. 

A intensidade da água e a força do vento deixaram ruas alagadas e casas destelhadas. Além disso, provocaram estragos em paredes e muros e derrubaram árvores. Os estragos ocorreram principalmente em Samambaia, na Fercal, em Planaltina, Taguatinga e Águas Claras.

A estação do Metrô de Samambaia Sul ficou completamente alagada. Na Chácara 126 do Areal, a Defesa Civil foi chamada para vistoriar uma casa com risco de desabamento. Na Fercal, a queda de árvores obstruiu a via DF-205 por algumas horas. Em Taguatinga e Planaltina, as principais ocorrências registradas foram de calhas entupidas e ruas tomadas pela água.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta sexta, o céu deve permanecer de encoberto a nublado com pancadas de chuva e trovoadas em áreas isoladas. Os termômetros registraram temperatura mínima de 16°C durante a madrugada e podem marcar 28°C no período da tarde, momento mais quente do dia. A umidade relativa do ar fica entre 95% e 45%.

Em novembro caíram 229 milímetros de água no DF. A quantidade, segundo o meteorologista Mamedes Luiz Melo, ficou dentro da média para o mês, de 231,1 milímetros.

 




 

COMENTE

chuvaDistrito Federalestragos
comunicar erro à redação