*
 

Deixar o carro de lado e propor soluções para fomentar o uso de alternativas para a locomoção dentro da área central da capital da república. Esse é o desafio que quatro startups da cidade terão que resolver em um hackathon de 50 horas que visa incentivar jovens a criarem caminhos inovadores que contribuam para a questão da mobilidade e alavanquem o comércio das superquadras do Plano Piloto.

O evento, realizado no próximo dia 22 de setembro, no Shopping Venâncio, ocorre comemoração ao Dia Mundial Sem Carro. A ação é promovida pelo Brasília Ocupada, movimento de Placemaking que incentiva as pessoas a ocuparem e compartilharem os espaços públicos da cidade com opções de lazer, saúde, bem-estar, cultura, entre outros.

Cada time será composto por cinco pessoas, que deverão propor possibilidades criativas e empreendedoras para o uso de bicicletas, metrô, ônibus, veículos compartilhados ou mesmo formas de encorajar o deslocamento a pé. “O desafio é mostrar, por meio da tecnologia, que o brasiliense pode ser muito mais do que cabeça, tronco e rodas”, explica Bruno Botafogo, organizador do hackathon.

iStock/Divulgação

Equipes terão sete minutos para apresentar as propostas para uma banca julgadora

 

No fim da maratona, as equipes deverão apresentar, em apenas sete minutos, as propostas para uma banca julgadora. O time que trouxer a proposta mais inovadora e capaz de ser aplicada irá ganhar um prêmio de R$ 1.600 e apoio para formalizar a startup e o projeto.

As inscrições, abertas até 19 de setembro, são gratuitas e podem ser realizadas pelo site Hackathon Brasilia Ocupada. No ato da inscrição, o candidato precisa defender porque acredita que ele ou o time podem inovar e transformar a cidade.

1º Hackaton Brasília Ocupada Mobilidade
Data: 22 de setembro
Local: Brasília Ocupada – Espaço que agrega e Compartilha – 1º piso do Venâncio Shopping
Horário: 22/9 (18h às 22h); 23/9 (9h às 22h); 24/9 (9h às 20h)
Inscrições e regulamento

 

 

COMENTE

mobilidadeStartups
comunicar erro à redação