*
 

A Universidade de Brasília (UnB) enterrou uma cápsula do tempo na tarde desta segunda-feira (4/9). Dentro do objeto, professores, alunos, funcionários e convidados depositaram fotos, notícias e mensagens sobre suas perspectivas de futuro. A iniciativa foi desenvolvida por meio do projeto UnB Places, em parceria com a Diretoria de Esporte, Arte e Cultura (DEA) do DF, e faz parte das comemorações pelos 55 anos da universidade, celebrados em abril.

A cápsula foi depositada no campus Darcy Ribeiro, próximo ao Restaurante Universitário (RU), e deve ser reaberta em 2022, ano em que a instituição comemora seus 60 anos de existência. O lugar escolhido para abrigar a cápsula pelos próximos cinco anos será revitalizado durante oficina de intervenção com pallets de madeira e pintura urbana, a partir das 14h de quarta-feira (6/9). A oficina será gratuita e aberta a toda a comunidade acadêmica.

“Sempre pensamos em fazer algo diferente para ficar na história da universidade. Queremos criar uma sensação de pertencimento para as pessoas que passam por ali, a fim de que ajudem a construir a história da UnB”, ressaltou a estudante de jornalismo e integrante do UnB Place, Emília Felix, de 22 anos.

A estudante de publicidade Priscila Barbosa, 24, participou do evento nesta segunda e garantiu ter se sentido mais conectada ao campus após a iniciativa. “O evento foi lindo e emocionante. Eu não tinha ideia do que me esperava, mas me surpreendi bastante. Me senti mais ligada à UnB estando ali”, contou.

O projeto UnB Places foi idealizado por estudantes da graduação em 2014. Desde então, promove ações nas redes sociais, buscando aumentar o interesse dos calouros pela universidade e estimular os veteranos a explorarem melhor o meio acadêmico. A cápsula lançada nesta segunda foi a última ação realizada pelo grupo, que faz uma pausa por tempo indeterminado a partir de agora.

Confira imagens do evento:

 

 

COMENTE

UnB"cápsula do tempo"unb places
comunicar erro à redação