*
 

Uma nova evidência pode ajudar na resolução da morte do ciclista Eric Bonna, 25 anos, atropelado por uma caminhonete no Setor de Mansões Dom Bosco, no Lago Sul. O jovem morreu no último sábado (26/11) e, na quarta-feira (30), colegas encontraram no local do acidente a câmera que estava acoplada ao capacete de Eric.

O objeto foi localizado enquanto amigos do jovem faziam um protesto pedindo mais segurança no trânsito para ciclistas. A câmera foi encontrada pelo professor de pilates Renan Campos, que entregou o dispositivo à família do ciclista morto. Os pais se encarregaram de entregar as imagens para a Polícia Civil, que investiga o caso. Até a publicação desta matéria, a corporação ainda não havia se posicionado sobre o caso.

As imagens podem ajudar a entender o que realmente aconteceu no dia do atropelamento. O condutor da camionete que atingiu o jovem afirmou aos policiais que dirigia na velocidade da via quando, de forma “repentina”, o ciclista teria saltado o canteiro central e cruzado na frente de seu veículo. Segundo o motorista, não houve tempo para frear o veículo.

Amigos e familiares, no entanto, não confiam plenamente nessa versão, já que Eric foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros na ciclofaixa da via. Por conta do impacto, o capô do veículo foi amassado e a bicicleta da vítima se partiu em duas.

 




 

COMENTE

atropelamentoCiclistaEric BonaLago Sul
comunicar erro à redação