" />
*
 
 

Prazer, eu sou o clitóris. Meu nome significa “pequeno monte”. Sou muito mais do que pareço ser, fico ali escondidinho e, muitas vezes, passo despercebido. Você pode até não saber, mas eu sou a sua maior fonte de gozo nessa vida. Portanto, é hora de mostrar a que vim.

Pela primeira vez, cientistas fizeram uma réplica em 3D (na foto acima) anatomicamente perfeita dessa importante parte do corpo feminino. A ideia veio da França, onde a educação sexual é obrigatória e o protótipo é usado em escolas. A pesquisadora Odile Fillod, 44 anos, foi a responsável pelo projeto. Ela observou que o clitóris não era representado corretamente em livros, muitas vezes nem era mencionado.

 

O órgão de prazer sexual da mulher não é a vagina. Conhecer a anatomia do clitóris permite que elas entendam o que lhes dá prazer"
Odile Fillod

Conhecer o clitóris é essencial para esclarecer, de uma vez por todas, que é normal não ter orgasmos somente com penetração. A maioria das mulheres dificilmente vai “chegar lá” sem estimulação correta desse órgão. Veja dicas preciosas aqui e encontre ajuda que vale ouro aqui.

A tecnologia de ressonância magnética possibilitou a descoberta de semelhanças entre clitóris e pênis. O centro do prazer feminino mede entre 9 cm e 11 cm, divididos em corpo, crura, bulbo e glande. Sendo que só os dois primeiros podem ser vistos.

 

Muita gente ficou empolgada com a imagem, que deu ainda mais gás a um verdadeiro e maravilhoso culto ao clítoris.

A nova-iorquina Orien O’Neill desenhou uma linha de joias inspiradas no verdadeiro “aquilo maravilhoso”:

Also coming soon

Uma foto publicada por penelopijones (@penelopijones) em

“Solid gold clit” hot out of the mold

Uma foto publicada por penelopijones (@penelopijones) em

Você também pode ostentar seu orgulho de ser mulher com os brincos supercriativos da marca brasiliense Pala, que não tem joias em forma de clítoris, mas fez bijus em formato de útero:

Divulgação / Pala

Ou usar esses inusitados enfeites para árvore de Natal:

Divulgação
feminismosexo
 




COMENTE

Ler mais do blog