">
*
 
 

Poucas são as pessoas que se atentam ao intervalo de recuperação entre as séries de musculação. Porém, essa pausa modifica as respostas metabólicas, hormonais e cardiovasculares. É também mais uma variável que pode ser usada como estratégia para intensificar o exercício.

A recuperação pode variar de 10 segundos a três minutos, sem interferir no ganho de massa muscular, desde que o treino seja intenso, priorizando a execução. Se o seu tempo disponível para treinar é curto, o ideal é reduzir o intervalo de recuperação, o que irá levar o músculo a fadiga rapidamente, proporcionando um ótimo resultado.

Agora, se na estratégia adotada foi sugerido um tempo de intervalo maior, basta ajustar as cargas para que ocorra também o desgaste muscular, o que em nada irá comprometer o resultado. Porém, é sempre bom lembrar que ao escolher o estímulo que será aplicado ao treino, deve ser levado em consideração a sua disposição, pois o cansaço interfere no rendimento e isso deve ser respeitado.

Cuidado com os intervalos longos, nos quais prevalecem conversas e mexidas no celular. Isso pode deixar seu treino ineficaz e comprometer totalmente resultados."

Procure um profissional qualificado e faça um treinamento planejado.

FitnessSaúdeBem-estar
 


COMENTE

Ler mais do blog