" />
*
 
 

Quem vai à academia com certeza já se perguntou: posso fazer musculação e aeróbico no mesmo dia? Se os treinos forem prescritos adequadamente não vejo problema em fazer os dois seguidos. Pode ser boa estratégia para quem deseja hipertrofia (aumentar massa muscular) ou emagrecimento.

Um exemplo interessante de treinamento é o circuito, ou seja, exercícios de musculação intervalados com aeróbico. Um estudo muito interessante realizado em 2013 por Antônio Paoli observou participantes que realizaram musculação intervalada com bicicleta. Ao final de três meses, houve uma perda de aproximadamente 5 kg de gordura e ganho de 2 kg de massa muscular.

Existe também uma preocupação sobre a ordem de execução no caso de o treino não ser intervalado. É melhor fazer primeiro a musculação ou o aeróbico? Uma pesquisa mostrou resultados expressivos em participantes que realizaram o aeróbio seguido da musculação. Eliminaram 5,4 kg de gordura e obtiveram 3,1 kg de massa muscular.

Porém, existem também inúmeros artigos argumentando negativamente sobre os treinos cardiovasculares no mesmo dia da musculação.

Já foi constatado que fazer treino de força após ter realizado exercícios cardiovasculares pode levar à queda significativa tanto no desempenho da frequência cardíaca quanto de força"

Eu não vejo de maneira negativa fazer dois tipos de treinamento na mesma sessão. Porém, insisto em dizer, se essa for a estratégia adotada, é preciso muito cuidado com a quantidade de exercícios, intensidade aplicada e tipo de movimento. Essas variáveis devem ser controladas.

Até porque excesso de treinamento traz muito mais prejuízos do que ganhos. Os problemas podem ser, por exemplo, desgaste articulares em joelhos, ombros e coluna. Podem ocasionar dores que, na maioria das vezes, te impedem de fazer exercícios. Por isso insisto em ressaltar a importância de ter um profissional qualificado para te orientar.

 


COMENTE

Ler mais do blog