">
*
 
 

O comércio de veículos usados, principalmente automóveis, no primeiro bimestre do ano dá bons sinais de recuperação. O aumento nas vendas foi de 16,4% (de 31,3 mil em 2017 para 26,9 mil registrados no ano passado), segundo dados da Fenauto, a federação que abriga os revendedores. O Distrito Federal teve o melhor desempenho do Centro-Oeste.

Comparando os meses de fevereiro (2016 para 2017), o aumento de vendas foi 12,5%. Os dados de fevereiro ante aos registrados em janeiro também comprovam a recuperação: foram 1,3 mil carros a mais, ou 8,5% de elevação no comércio do segmento.

E um detalhe: as negociações com carros com menos de três anos de uso, apelidados de seminovos pelos revendedores de lojas de garagem, dispararam 42,9% (acumulado no ano).

O comércio de motos usados capital da República também cresceu: 12,3% no bimestre ante ao mesmo período do ano passado.

Para baixo
O vizinho estado de Goiás teve desempenho de estável para ruim, por sua vez, na comercialização de carros: a queda foi 3% nos dois primeiros meses do ano.

Em todo o país, o 1º bimestre também teve acumulado melhor que 2016, ou 7,8% superior ao mesmo período do ano passado (2 milhões contra 1,9 milhões).

DFFenautoseminovos2017comércio de carros
 


COMENTE

Ler mais do blog