" />
*
 
 

A Peugeot brasileira seguiu os ditames da moda e, embora com certo atraso, também lançou sua versão “aventureira” do simpático crossover 2008.

E o que a propaganda da nova versão anuncia, faz jus: a Crossway valoriza, principalmente, quem está dentro. O interior, que ganhou acabamento exclusivo, tem qualidade de sobra para um carro desse tamanho e preço.

 

Se a relação custo-benefício é boa, falta uma avaliação acurada. Mas é fato: embora o motor seja um 1.6 bicombustível de 122cv, o preço de R$ 83.690 compensa essa falha (e o condutor nem precisa ser “aventureiro”).

Os bancos dianteiros são em couro, levando bordados o logotipo da série especial com jogo de tapete personalizado. O logotipo Crossway, representado por uma bússola com coordenadas reais, o diferencia das demais versões.

E que mais? Os mesmos equipamentos (conforto e segurança) da versão Griffe, com seu i-Cockpit (de volante de dimensões reduzidas, painel em posição superior ao aro da direção e ajustes de altura e profundidade) e trocadores de marchas manuais atrás do volante.

O conceito i-Cockpit também apresenta a central multimídia com tela sensível ao toque (7”) e que reúne rádio, navegações por GPS e computador de bordo.

2017Peugoet 2008Crosswayaventureiro
 


COMENTE

Ler mais do blog