*
 

Enviadas especiais a Chapecó (SC) – O zagueiro Demerson, da Chapecoense, tinha o sonho de fazer nome no futebol mundial. Disputar uma final internacional, ajudar o clube a conquistar o título, levantar o caneco de uma competição importante estavam entre os planos do jogador. Quando a Chape chegou à decisão da Copa Sul-Americana, ele pensou que, dessa vez, realizaria o desejo antigo que o acompanhava desde a época em que disputou o Campeonato Candango de 2007, pelo Luziânia (GO). Não foi convocado e escapou da morte.

Poucos dias antes, foi surpreendido pela lista de convocação do técnico Caio Júnior. O nome de Demerson não estava na escala dos jogadores que iriam para São Paulo disputar com Palmeiras o Brasileirão, no último fim de semana. Consequentemente, também não iria para Medellín, para a primeira partida da final da Sul-Americana. “Quando vi, fiquei frustrado, triste, chateado mesmo. Foi uma opção técnica do Caio naquele momento. Ele levaria o Marcelo e o Rafael, não eu”, contou o jogador.

Ainda muito emocionado, Demerson tem passado os últimos dois dias na Arena Condá, sede do clube catarinense. Só hoje conversou com a reportagem do Metrópoles e afirmou que agora percebe como a não convocação foi um “milagre de Deus” em sua vida. “Depois de tudo que aconteceu, dá um alívio por não estar naquele avião. Mas, ao mesmo tempo, uma tristeza imensa pela perda das pessoas queridas, dos amigos, do nosso grupo”, afirmou, com os olhos cheios d’água.

Eu fico aqui pensando que hoje eu posso abraçar meus três filhos enquanto tantos companheiros de time não poderão mais. Não consigo pensar no futuro, não sei como conseguiremos seguir no futebol. Mas quero ajudar a reerguer o clube"
Demerson, jogador da Chape

O avião com o time da Chape que saiu de São Paulo, após o confronto com o Palmeiras, tinha como destino a cidade colombiana de Medellín, onde a equipe brasileira enfrentaria o Atlético Nacional pelo torneio Sul-Americano. No entanto, antes de pousar, a aeronave caiu, fazendo 71 vítimas, entre elas, 19 jogadores do time catarinenses.

 




 

COMENTE

ChapeColômbiaDemersontragédia
comunicar erro à redação