*
 

O chefe da comunicação da Aeronáutica Civil da Colômbia, Uriel Bedoya, que visitou o local do acidente, confirmou que as duas caixas-pretas do avião foram localizadas. O diretor-geral da Aerocivil Alfredo Bocanegra, publicou foto de uma delas no Twitter.

A Aviação Civil da Colômbia considera a possibilidade de ter acabado o combustível do avião que levava o time da Chapecoense para a cidade de Medellín. De acordo com o responsável pela Agência de Aviação Civil local (Aerocivil), Alfredo Bocanera, os investigadores não excluem esta como uma das possíveis causas do acidente.

 

 

COMENTE

ColômbiaChapecoense
comunicar erro à redação