*
 

A professora de ioga Daniela Scotto de Oliveira Soares, 38 anos, foi vítima de homicídio na madrugada deste domingo (1º) em Florianópolis depois de entrar por engano na comunidade conhecida como Papaquera, no bairro Ingleses.

A mulher estava com o marido e foi atingida na cabeça, segundo o delegado Ênio Matos, da Delegacia de Homicídios. Equipes da Polícia Militar estiveram no local, mas até o momento ninguém foi preso.

Segundo informações preliminares, o casal tinha saído de uma festa de familiares no bairro Vargem Grande, também no Norte da Ilha, por volta das 2h da madrugada. A família estava em dois carros. Daniela estava numa Hyundai preta com placas de Porto Alegre teria seguido as coordenadas do aplicativo por GPS do celular.

Daniele morava em Sapucaia do Sul, na Grande Porto Alegre, e estava na capital catarinense desde quinta-feira.

Segundo a PM, a mulher chegou a ser levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) dos Ingleses, mas teria chegado ao local já sem vida. O Corpo de Daniele foi liberado no início da tarde deste domingo e segue para o Rio Grande do Sul, onde será o velório e enterro.

 

 

COMENTE

FlorianópolisfavelaMulher morta
comunicar erro à redação