*
 

Quatro pessoas morreram na queda de um avião no fim da tarde de quinta-feira, 15, em Novo Progresso, no sudoeste do Pará. Outros três ocupantes da aeronave ficaram feridos e permaneciam internados nesta sexta-feira (16/9). De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião de prefixo PT-NCJ não tinha autorização para voar e transportava número de pessoas superior à capacidade. O modelo tem capacidade para piloto e três passageiros, mas levava sete pessoas. O avião estava com o certificado de aeronavegabilidade suspenso por não ter passado pela manutenção anual obrigatória.

A aeronave decolou do garimpo da Pistinha, em área de floresta, e voou 45 minutos, caindo quando manobrava para descer na pista de pouso da Pedreira, na periferia de Novo Progresso. Além do dono do aparelho, Paulo Cesar Zamoner, morreram na queda o piloto Weber da Cunha Rebelo, a passageira Lara Mariane Lima Aragão e seu filho Maynilson Gabriel de Lima, de dois anos.

Os três feridos, Vanessa Rocha, Ivaneide dos Santos Soares e Emerson Rodrigues dos Santos, foram atendidos no Hospital Municipal de Novo Progresso e transferidos para Sinop, no Estado de Mato Grosso. O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), da Força Aérea Brasileira (FAB) apura as causas do acidente.

 


 

COMENTE

ParáAviãoQueda avião
comunicar erro à redação