*
 

Uma professora, moradora de Recife, foi agredida com um soco no rosto após ignorar uma “cantada” em frente a uma praça da cidade. Ela publicou o desabafo em seu perfil no Facebook, no qual narrou em detalhes a agressão que sofreu. “A sensação de impotência é absoluta”, comentou.

Brunna Dias Ribeiro publicou a foto do rosto com as marcas da agressão sofrida. Segundo ela, enquanto voltava da Universidade Federal de Pernambuco, ouviu “gracinhas” e resolveu seguir andando sem responder ao agressor. “Ele não se contentou e me abordou, se aproximou de mim e me deu um soco muito forte no rosto. Caí no chão. Ele achou pouco e me bateu novamente”, disse.

Como se as agressões já não fossem suficientemente absurdas, o homem ainda teria assaltado a professora. Ela conta: “Sacudiu todo o conteúdo da minha bolsa no chão, roubou todo o dinheiro que estava na minha carteira e depois saiu correndo com os outros dois rapazes. Ninguém fez nada. Ninguém me ajudou. Estava sozinha e atônita. Absolutamente sozinha, no chão e juntando todas as minhas coisas”.

Confira a íntegra do texto:

A professora registrou ocorrência na Polícia Civil nesse sábado (10/9).

 

 

COMENTE

feminismoolindarecife
comunicar erro à redação