*
 

O deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi hostilizado e tietado nesta quinta (15/9) ao caminhar para a sala de embarque do Aeroporto Internacional de Brasília. As informações são da coluna Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Diversas pessoas se aproximam do ex-parlamentar e gritam “fora, Cunha” e soltam xingamentos como “safado” e “ladrão”. Outros, no entanto, preferiram tirar selfies com o parlamentar. Ele aceita aos pedidos gentilmente com um sorriso no rosto como se pode ver nas imagens.

Confira o vídeo do jornal Extra.

As imagens começam com Cunha sendo hostilizado por uma mulher, que segue o ex-deputado enquanto ele anda calmamente carregando uma mala.

“O dia que o senhor tiver uma arma na cabeça ou tomar um murro por causa de um celular, o senhor vai saber o que é segurança”, disse ela.

Logo depois, um grande grupo cerca Eduardo Cunha para tirar fotos.

Em cenas de outra gravação, um homem chega bem perto do ex-presidente da Câmara dos Deputados e começa a proferir frases ofensivas: “Vai embora, safado. Você não vai ter paz aqui não. A gente vai te expulsar do país, em cada restaurante. Você não vive mais aqui, safado! Cheira a enxofre”.

 

 

COMENTE

Eduardo CunhaAeroporto de Brasília
comunicar erro à redação