*
 

O presidente Michel Temer afirmou na manhã desta segunda-feira (9/1), que o Rio Grande do Sul poderá ser um dos Estados que receberá os cinco presídios federais de segurança máxima anunciados após os massacres que deixaram presidiários mortos no Amazonas e em Roraima, na semana passada.

Temer também garantiu o repasse de “quase R$ 45 milhões” para a construção de um presídio no Rio Grande do Sul, a ser executada pelo governo do Estado.

“Há oportunidade, vou conversar ainda com o governador (Ivo Sartori). O governo federal vai construir cinco presídios, quem sabe um também pode ir para o Rio Grande do Sul”, afirmou o presidente em entrevista à Rádio Guaíba, antes de embarcar para Esteio (RS), onde participará de uma cerimônia de entrega de 340 ambulâncias do Samu aos estados.

Temer confirmou ainda que, antes da cerimônia em Esteio, vai sobrevoar as cidades atingidas por inundações no Rio Grande do Sul na semana passada. O presidente deve faze um voo sobre os municípios de Rolante e Riozinho.

 

 

COMENTE

Rio Grande do Sulpresídiocrise penitenciáriaCrise nas Penitenciárias
comunicar erro à redação