*
 

O presidente da escola de samba Portela, Marcos Falcon, foi assassinado a tiros na Zona Norte do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (26/9). Ele era candidato a vereador da cidade e o crime aconteceu dentro do seu comitê eleitoral.

De acordo com informações dos moradores, homens chegaram numa moto e dispararam rajadas de tiros, deixando as pessoas na rua em pânico. Há informações de que quatro criminosos encapuzados invadiram o escritório com fuzis.

A polícia investiga as causas do homicídio. Falcon já havia sofrido outros atentados, em um deles, levou 18 tiros e se submeteu a nove cirurgias reparadoras. Recentemente, o jornal O dia divulgou a existência de um áudio que revelava a intenção de matar o presidente da Portela.

Ele era casado com a porta-bandeira da Beija-Flor, Selminha Sorriso, e rival político de Marcelo Crivella (PRB).

 

 

 

 

 

COMENTE

Portelaassassinatoescola de samba
comunicar erro à redação