*
 

A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (14/3) dois mandados de prisão contra Heitor Lopes de Sousa Junior, diretor da Companhia de Transportes sobre Trilhos do Rio de Janeiro (Rio Trilhos) e Luiz Carlos Velloso, que foi subsecretário de Transporte no governo de Sérgio Cabral e é o atual subsecretário de Turismo. A dupla foi presa nesta manhã.

A operação é mais um desdobramento da Operação Lava Jato e investiga a corrupção e o pagamento de propina em contratos da linha 4 do Metrô.

As investigações da Lava Jato no Rio de Janeiro já levaram à prisão do ex-governador do estado Sérgio Cabral (PMDB), em novembro do ano passado. Ele foi preso na Operação Calicute, que descobriu o esquema de cobrança de propina em obras durante a gestão dele, entre 2007 e 2014.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Cabral cobrava propina de empreiteiras para fechar os contratos com o governo do Rio. As construtoras, por sua vez, se uniam em consórcios para fraudar licitações e sabiam previamente quem iria ganhar as concorrências.

Aguarde mais informações

 

 

COMENTE

Lava JatoRio de JaneiroPFMPF
comunicar erro à redação