*
 

O ministro da Saúde Ricardo Barros passou por uma saia justa nesta terça-feira (28/9). Na agenda do dia constava que ele, às 18h, faria “Reunião com ministros e líderes da base aliada do GOLPE”. Logo em seguida, uma nova linha dizia: “19h. Renúncia do (vice) presidente da República #ForaTemer”.

Em comunicado, o Ministério da Saúde afirmou que identificou os responsáveis pelas críticas postadas na agenda. Seriam funcionários terceirizados, que foram afastados imediatamente de suas funções.

Por volta de 10h da terça-feira, as alterações no site já tinham sido retiradas do ar.

 

 

 

COMENTE

manifestaçãoministério da saúdegoverno temer
comunicar erro à redação