*
 

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) informou nesta quinta-feira (1º/9) que não serão permitidos protestos na Avenida Paulista, no próximo domingo (4). Para o dia, já está marcada uma manifestação contra o governo Temer. O evento no Facebook já tinha mais de 11 mil presenças confirmadas, e outras 16 mil pessoas apontaram “interesse”, até por volta das 19h desta quinta.

De acordo com a SSP, o ato não será permitido porque “toda a extensão da avenida estará reservada para o evento de passagem da tocha paralímpica, que integra a cerimônia oficial dos Jogos Paralímpicos Rio 2016”.

Os protestos contra o impeachment em São Paulo começaram na segunda-feira, 29, marcados por confrontos entre a Polícia Militar e os manifestantes. Na quarta-feira, 31, após a votação final no Senado que afastou definitivamente Dilma Rousseff da Presidência, a polícia jogou bombas e um grupo depredou lojas, agências bancárias e pontos de ônibus no centro. Uma estudante foi ferida com estilhaços e perdeu a visão do olho esquerdo.

Ainda na nota divulgada pela SSP, o governo de São Paulo afirma que a Constituição determina a obrigatoriedade de comunicação de hora, local e trajeto em que se realizarão os atos públicos.

A secretaria informou ainda que, até esta quinta, não havia recebido qualquer comunicado oficial de movimentos organizados “dando ciência da realização de manifestações públicas nos próximos dias”.

 

 

COMENTE

Michel Temermanifestaçãoavenida paulistafora temer
comunicar erro à redação