*
 

Aliado do governo Michel Temer, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou nesta terça-feira (7/3) que não irá interferir para que a reforma da Previdência tramite de forma mais rápida no Senado. Ele defende que, assim como outros projetos, a matéria prioritária para o chefe do Executivo nacional seja analisada dentro dos prazos regimentais.

“Não vamos fazer calendário especial, vamos fazer o trâmite normal, dando velocidade. Esse foi o compromisso que fiz desde o início”, afirmou. O projeto ainda está em discussão na Câmara dos Deputados. Segundo o presidente do Senado, a matéria terá a “celeridade que precisa”, sinalizando que também não deve operar para atrasar a tramitação.

Eunício não quis se manifestar sobre detalhes da reforma da Previdência, como o aumento da idade mínima de aposentadoria, mas defendeu a importância da revisão do sistema. “Todos sabemos que o Brasil tem que ter uma reforma efetiva da Previdência, com regras de transição claras, que não prejudiquem os direitos adquiridos”, disse.

O peemedebista também defendeu a importância das reformas e matérias econômicas do governo. “Tudo que for prioritário na questão da economia, vamos trabalhar para aprovar”, comentou.

 

 

COMENTE

Michel TemerreformaprevidênciapresidentecalendáriopecTemerEunício Oliveiraespecial
comunicar erro à redação