*
 

O zootecnista Hugo Imaizumi, de 41 anos, que matou os filhos de 3 e 4 anos a facadas e depois tentou se suicidar, confessou que cometeu o crime para se vingar da mulher, a quem ele acusa de traição. Ele foi ouvido no hospital na noite de sexta-feira (30/9) pela delegada que investiga o caso, Dálice Ceron, depois de receber alta da UTI.

O crime chocou os moradores de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. A mãe das crianças conta que os dois estavam dormindo com ela no quarto e, quando ela acordou, não estavam mais. Ao olhar pela janela, viu os dois e o marido ensanguentados na cama. Ela prestou depoimento também na sexta-feira (30).

Imaizumi, que tem doutorado em Ciência Animal pela Universidade de São Paulo, contou que deu sonífero às crianças para que elas não sentissem dor, deu facadas certeiras nas jugulares delas e depois usou a faca para tentar se matar.

A polícia considera o caso praticamente encerrado, mas ainda deve ouvir o irmão da mãe, que teria recebido um vídeo de Hugo no celular com as imagens do crime. O zootecnista segue internado sem previsão de alta, com escolta policial. Ele foi indiciado por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil.

 

 

COMENTE

Crimeassassinato
comunicar erro à redação