*
 

Uma mulher morreu após o ex-companheiro atear fogo no corpo dela, na cidade de Campestre (MG), na madrugada de ano-novo (1º/1). Renata Rodrigues Aureliano, 29 anos, estava separada de Jeferson Diego Caetano da Costa, de 26 anos, há quatro meses e ele não aceitava o fim da relação. O filho do casal presenciou toda a cena.

A família da vítima explicou ao G1 que, no sábado (31), Renata saiu para comprar refrigerante, teria encontrado Jeferson. e os dois brigaram. Durante a discussão, ela teria afirmado que não iria mais reatar o relacionamento e seguiu para a festa de réveillon na praça da cidade. Na madrugada, quando a mulher voltava da comemoração, foi surpreendida pelo ex. Jeferson usou gasolina para atear fogo ao corpo da ex-companheira.

A mulher ainda correu para casa para pedir socorro. Um dos dois filhos do casal, de 9 anos, assistiu tudo. Ela foi encaminhada ao hospital e não resistiu aos ferimentos. Jeferson foi preso em flagrante. A mulher já havia registrado um boletim de ocorrência por causa das ameças dele.

 

 

COMENTE

feminicídioMulher morta
comunicar erro à redação