*
 

Ao ser internado no em um hospital de Mato Grosso para retirar uma bala que estava perto da coluna, o operador de empilhadeira Jefferson Hora dos Santos, 30 anos, não imaginava que iria sair de lá sem um dos rins. O caso ocorreu em Rondonópolis, que fica a cerca de 220km de Cuiabá.

Jefferson foi baleado em 11 de setembro após uma confusão no trânsito. “Um carro passou por nós e ia fechando minha esposa. Ela buzinou e o cara da caminhonete ficou bravo. Fui conversar com o rapaz. Assim que eu me aproximei do veículo e parei do lado do passageiro, ele já sacou uma arma e efetuou dois disparos”, disse Jefferson à GazetaWeb.

Logo em seguida, ele foi para o hospital. No local, ele passou por uma cirurgia para retirar a bala, no entanto, os médicos erraram e retiraram um dos rins dele. “Voltei à emergência dias depois e não estava conseguindo caminhar. Me pediram um raio-x. A médica viu e disse que tiraram um rim meu”, contou à publicação.

Jefferson foi registrar ocorrência, mas teve que esperar porque o laudo ainda não está pronto. Ao jornal, o hospital disse que vai apurar o caso para saber o que de fato aconteceu e que vai resolver esse problema o mais rapidamente possível.

 

 

COMENTE

cirurgiarim
comunicar erro à redação