*
 

Pelo menos oito turistas holandeses ficaram feridos – alguns gravemente – quando um elevador do hotel Mar Ipanema, na Rua Visconde de Pirajá, em Ipanema (zona sul do Rio), despencou do 11º andar, na madrugada da quinta-feira (14/9).

Cinco vítimas foram levadas para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea (também na zona sul), segundo informação do Corpo de Bombeiros, que prestou os primeiros socorros aos feridos: Jan P. Herenveem, de 31 anos; Viviane V. Kempem, de 32; Ricardo Raamsdonk, de 31; Laure J. Petronella, de 27; e Mudhasfar Abdulrhaman, de 30. Todos já receberam alta do hospital.

Outros três turistas foram encaminhados ao Hospital Municipal Souza Aguiar, na região central: Vera Penishi, de 27 anos, Martin Artsna, de 42, e Mattias Walgers, de 32. Esses três, que estavam em estado mais grave, foram transferidos para o Hospital Samaritano, em Botafogo (zona sul). Até a noite de ontem, a unidade de saúde não havia divulgado nenhum boletim médico sobre o estado de saúde dessas vítimas.

Uma paciente do Hospital Samaritano testemunhou o momento em que a instituição se preparava para receber os feridos. “Eu estava à espera de tomografias, por volta das 18h, quando houve uma movimentação de gente, uma agitação. Percebi que alguma coisa especial ocorria. Pouco depois, uma enfermeira veio me dizer que a tomografia estava reservada para um grupo de pacientes que haviam se ferido gravemente devido à queda de elevador. Falou que alguns tinham sofrido traumatismo craniano. Não sabia de onde vinham. Pelo agito, achei que tinha ocorrido perto e pouco antes”, contou a mulher, que prefere não se identificar.

O Consulado da Holanda no Rio de Janeiro informou apenas que prestou apoio aos feridos. O caso foi registrado na 14ª Delegacia de Polícia, no Leblon (zona sul). Até ontem não havia detalhes sobre a identificação de eventuais responsáveis pelo acidente, nem sobre suas circunstâncias.

Hotel
Em nota, o hotel Mar Ipanema afirmou que um grupo de hóspedes ocasionou o acidente, ao utilizar um elevador “ultrapassando a quantidade máxima de carga”.

“Graças à manutenção atualizada do equipamento, o impacto foi reduzido e não houve vítimas fatais. A administração do hotel imediatamente acionou o socorro, prestou toda a assistência aos envolvidos e está fornecendo todas as informações às autoridades competentes”, continua a nota. A empresa afirmou lamentar o acidente.

 

 

COMENTE

Rio de Janeiroelevador
comunicar erro à redação