*
 

Eleitores de outros estados que estão no Distrito Federal neste domingo (2/10) não enfrentam maiores problemas para justificar o voto nos 11 postos instalados na capital do país. Em alguns locais, principalmente depois do almoço, foram registradas filas. A previsão do Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE-DF) é que 100 mil pessoas apresentem justificativa de ausência. Os endereços funcionam das 8h às 17h.

O administrador de empresas Dênio Vieira (foto abaixo), 44 anos, estava com uma viagem marcada e procurou o posto  localizado no Aeroporto de Brasília para justificar. “Sou de Sergipe e estou viajando a trabalho. Está tudo muito organizado. Em menos de 10 minutos eu consegui justificar o meu voto e, agora, posso seguir viagem tranquilo”, afirmou.

Nathália Cardim/ Metrópoles

Mãe e filha,  a professora Nilce Carvalho, 53 anos, e a enfermeira Simara Carvalho, 30, nasceram no município de Corrente, no Piauí, e estão na capital há dois anos para tratar uma doença. “Já que não tivemos como ir até lá para votar, o jeito é justificar. A nossa vontade era de votar. Gostaríamos de contribuir com o voto para indicar aqueles que serão responsáveis pelo nosso município. Na próxima eleição, provavelmente estaremos lá”, disse Simara.

De acordo com o servidor do TRE-DF Ronaldo Banheti, para justificar a ausência, o eleitor precisa de um documento oficial com foto e o número do título, que pode ser consultado no site da Justiça Eleitoral. “Quem chegar nos postos terá que preencher um requerimento de justificativa. Ele também pode ser baixado pela internet e preenchido com antecedência. A única ressalva é para que a assinatura no pé da página seja feita na presença dos mesários. Esperamos um movimento intenso durante todo o dia, mas sem tumulto”, disse.

A aposentada Zuleide Leal, de 68 anos, mora em Brasília há 20 anos. Natural de Campina Grande (PB), sempre que pode, ela retorna à cidade natal durante o período eleitoral para votar. Este ano, entretanto, precisou justificar o voto. “As coisas ficaram mais difíceis. As passagens estão caras, não está mais tão fácil”, explicou.

A fisioterapeuta Cris Freitas, de 45 anos, compareceu a um dos pontos de justificativa no Distrito Federal acompanhada do marido e do filho. A família é de Salvador (BA), mas mora há dez anos em Brasília. “Nas últimas eleições, me arrependi por não ter feito a transferência de título. Queria ter exercido meu poder de voto. Para as próximas, pretendo mudar isso”, afirmou.

Até as 15h, 39.070 eleitores tinham justificado o voto no DF (veja tabela abaixo). As filas estão maiores nos shoppings Conjunto Nacional e Pátio Brasil. Mesmo com grandes concentrações, as pessoas não demoram mais de 10 minutos para concluir a ação, segundo o TRE-DF.

Balanço até as 15h:

Divulgação/TRE-DF

Confira o endereço dos 11 postos de justificativa do DF:

  • – Shopping Pátio Brasil, na Asa Sul
  • – Rodoviária Interestadual de Brasília, às margens da Epia
  • – Salão de Múltiplas Funções da Administração Regional do Paranoá
  • – Faculdade Faciplac, no Gama
  • – Centro Educacional La Salle, em Sobradinho
  • – Salão Comunitário do Núcleo Bandeirante
  • – Centro de Ensino Fundamental 404, em Samambaia
  • – Shopping Conjunto Nacional, na Asa Norte
  • – Faculdade Anhanguera, em Águas Claras
  • – Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek
  • – Fundação Bradesco, em Ceilândia

(Com informações da Agência Brasil)

 

 

COMENTE

eleiçõesDistrito FederalJustificativa
comunicar erro à redação