*
 

O eleitor Agenor Batista da Silva, 65 anos, de São Carlos, no interior de São Paulo, não conseguiu votar nas eleições municipais. Quando chegou na sua seção de votação, no início da tarde deste domingo (2/10), foi informado de que outra pessoa já havia assinado e votado como se fosse ele.

Segundo o G1, o fiscal da seção fez um requerimento de impugnação, para anular o voto. O caso deve ser levado ao cartória eleitoral. Ao portal, o delegado da Frente Reconstruir São Carlos, responsável pela seção de Agenor, disse que situações assim são raras e que a suspeita é que o voto tenha sido adulterado.

“Isso está sujando a minha cara, nunca fiz nada de errado. Eu deveria estar em casa e estou aqui passando vergonha. Agora nem sei se vou conseguir votar”, desabafou o eleitor.

 

 

COMENTE

São Pauloeleiçõesvotodemocracia
comunicar erro à redação