*
 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou nesta terça-feira (22/11) que já estão disponíveis os novos cartões de confirmação com a informação sobre o local de prova dos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 que farão a segunda aplicação, em 3 e 4 de dezembro. No Distrito Federal, são 8.503 inscritos.

A consulta pode ser realizada na Página do Participante. No total, 277.624 pessoas não puderam participar da aplicação regular em função de ocupações de escolas de educação básica e instituições de ensino superior em vários estados brasileiros e também por causa de contingências que prejudicaram, residualmente, a participação de alguns inscritos.

Os estados com o maior volume de inscritos previstos para a segunda aplicação são Minas Gerais (72.302), Paraná (43.617), Bahia (37.927) e Espírito Santo (23.486).  A nova aplicação do Enem no país custará R$ 10.512.564,33.

Comunicação
Segundo o Inep, foram enviadas mensagens SMS e e-mail a todos os 275.016 inscritos autorizados para participar dessa segunda aplicação, comunicando sobre a liberação dos novos Cartões de Confirmação. A verificação dos cartões é de responsabilidade dos inscritos e pode ser realizada na internet, através da Página do Participante e também pelo Aplicativo Enem 2016.

Entretanto, em função de uma política estabelecida pelas lojas de aplicativo – Google Play (Android), App Store (iOS) e Windows Store (Windows Phone) – apenas será possível visualizar os dados pelo aplicativo dentro do prazo de oito dias úteis.

A cada três dias, novos lembretes serão enviados por SMS e e-mail para quem ainda não tiver verificado seu local de prova.

A apresentação do Cartão de Confirmação nos dias de prova não é obrigatória, entretanto, o documento tem informações valiosas para os participantes, tais como: número de inscrição, data, local e horário de realização das provas, opção de língua estrangeira, necessidade de atendimento especializado ou específico (quando houver); além da indicação de solicitação de certificação do ensino médio (se for o caso).

Isonomia
Todas as novas tecnologias de segurança implementadas em 5 e 6 de novembro também estarão presentes na aplicação de 3 e 4 de dezembro, caso da coleta do dado biométrico dos participantes nos dois dias de provas e do uso de detector de metal na entrada e na saída dos sanitários. As provas da segunda aplicação serão diferentes das respondidas pelos participantes da primeira data, porém equivalentes, de modo a garantir a isonomia do processo, assegura o Inep.

Para ficar mais tranquilo no grande dia, uma dica útil para os inscritos é que visitem o local onde farão o exame com antecedência e que, na data da prova, não se esqueçam de levar um documento original com foto e caneta de tinta preta fabricada em material transparente.

Com informações do Inep.

 

 

COMENTE

enemInep
comunicar erro à redação