*
 

Os números baixos dos índices de preços, como o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de agosto, anunciado mais cedo pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), estabilizam as expectativas de inflação e ajudam a “quebrar a espinha” da inflação elevada, afirmou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

“Uma inflação baixa, em primeiro lugar, aumenta o poder de compra dos consumidores e dá maior estabilidade na previsibilidade econômica. Estabiliza a expectativa de inflação, principalmente no Brasil, onde isso é muito importante. Nos ajuda a quebrar a espinha dorsal da inflação”, afirmou Meirelles, após participar da cerimônia de posse do novo presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Marcelo Barbosa, no Rio.

Como havia dito mais cedo, após apresentação conjunta com o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) sobre o plano de recuperação do Rio, Meirelles vê espaço para uma política monetária mais flexível, por causa da inflação baixa. ”

Isso é muito bom e, em última análise, dá mais flexibilidade na aplicação da política monetária pelo Banco Central”, disse Meirelles, frisando que preferia não tecer mais comentários sobre a política monetária por causa da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que termina nesta quarta-feira.

 

 

COMENTE

inflaçãoeconomia
comunicar erro à redação