*
 

A empreiteira Odebrecht teria feito uma transação com a Caixa Econômica Federal em 2014 no valor de R$ 350 milhões para construir a Arena do Corinthians. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

A negociação teria ocorrido da seguinte forma: o banco público seria o comprador de debêntures emitidas pela empreiteira. Debêntures são títulos de crédito colocados no mercado para captar dinheiro. Funcionam como uma espécie de empréstimo, portanto, a Odebrecht teria que devolver o recurso à Caixa Econômica, com juros.

À Folha, o ex-presidente do Corinthians e deputado federal Andrés Sanchez (PT-SP) confirmou que a transação ocorreu, mas disse que não comentaria o fato porque a negociação foi entre Odebrecth e Caixa.

A assessoria de imprensa da Odebrecht disse que as transações envolvendo a Arena do Corinthians são protegidas por sigilo bancário e que, por isso, não faria nenhum comentário.

 

 

COMENTE

OdebrechtArena do Corinthians
comunicar erro à redação