*
 

Enquanto os ministros que integram a comitiva do presidente Michel Temer na China estiverem voltando para o País, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, iniciará nesta terça-feira (5/9) um giro pelo Sudeste da Ásia em busca de novos negócios.

Ele avaliará o interesse dos países integrantes da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) em acordos comerciais com o Mercosul. Segundo nota divulgada pelo Itamaraty, o ministro permanecerá na região entre os dias 5 e 12 deste mês e será recebido pelos chefes de governo de Malásia, Cingapura e Vietnã e terá reuniões com os ministros de Relações Exteriores desses países.

“Essa visita faz parte do redimensionamento da política externa brasileira para a Ásia”, diz a nota. Ela informa que, juntos, os países do Sudeste Asiático compõem a sexta economia mundial, com um produto interno bruto de aproximadamente US$ 2,5 trilhões. O comércio exterior ultrapassa US$ 2,2 bilhões.

Na Malásia, Aloysio será recebido pelo primeiro-ministro Najib Razak e pelo chanceler Anifah Aman no próximo dia 6. A visita ocorrerá durante as comemorações dos 60 anos de independência daquele país. Aquele país não recebe a visita de um chanceler brasileiro há duas décadas.

Nos dias 7 e 8, o ministro estará em Cingapura, onde vai encontrar-se com o primeiro-ministro Lee Hsien Loong, o chanceler Vivian Balakrishnan e o ministro sênior do Comércio e Indústria, Koh Poh Koon. Durante a passagem, será realizado um encontro entre empresários dos dois países.

A última parada será no Vietnã, no dia 11. Aloysio será recebido pelo primeiro-ministro Nguyên Xuân Phúc e manterá reunião de trabalho com o vice-primeiro-ministro e chanceler vietnamita, Pham Binh Minh. O comércio entre os dois países tem crescido rapidamente. Ele passou de US$ 47,1 milhões em 2003, para US$ 3,9 bilhões em 2015.

O ministro fará uma reunião com embaixadores do Brasil nas Filipinas, na Tailândia, no Timor Leste, em Myanmar e na Indonésia. O encontro faz parte de um esforço para construir uma política externa brasileira para a Ásia, segundo informa a nota. Essa reunião está marcada para o dia 9, em Cingapura. Na véspera, o ministro vai encontrar-se com os responsáveis pelas áreas de promoção comercial e atração de investimentos dessas embaixadas.

 

 

COMENTE

Governoeconomiaásia
comunicar erro à redação