*
 

Em uma sabatina realizada na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) na noite dessa quinta-feira (22/9), o candidato à prefeitura de Curitiba, Rafael Greca (PMN), fez uma declaração controversa.

O político estava relembrando um acontecimento quando falou que vomitou por causa do cheiro de pobre. “Eu coordenei o albergue Casa dos Pobres São João Batista, aqui do lado da Rua Piquiri, para a igreja católica durante 20 anos. E no convívio com as irmãs de caridade, eu nunca cuidei dos pobres. Eu não sou São Francisco de Assis. Até porque a primeira vez que eu tentei carregar um pobre no meu carro eu vomitei por causa do cheiro”, disse o candidato. (Veja o vídeo a partir de 29:00)

 

Mesmo aparecendo como líder da intenção dos votos dos eleitores da capital paranaense, a declaração causou indignação nas redes sociais e o candidato acabou pedindo desculpas pelo ocorrido. “Peço perdão por não ter sabido me expressar em minha fala na sabatina da PUC ontem, quis dar ênfase ao grande mérito do trabalho de assistência social. Não usei a palavra ‘pobre’ no sentido de classe social. Aqui, meu pedido de perdão com sinceridade, respeito e amor”, escreveu na rede social.

 

 

COMENTE

eleiçãocuritiba
comunicar erro à redação