*
 

O motorista de uma caminhonete atropelou e matou quatro jovens, na madrugada desta quinta-feira, 7, na Rodovia Geraldo Scavone (SP-66), em São José dos Campos, interior de São Paulo. O condutor fugiu sem prestar socorro às vítimas.

Três dos jovens, entre eles uma garota, prestavam socorro a um motociclista que havia sido atropelado por um automóvel momentos antes. A caminhonete estaria em alta velocidade e não parou após atingir o grupo. O local tem pouca iluminação. O causador do acidente está sendo procurado.

Os três amigos caminhavam pelo acostamento, próximo da área urbana de São José dos Campos, quando viram o acidente com a moto e entraram na pista para socorrer o motociclista ferido. O grupo foi atingido pela caminhonete, que estaria em alta velocidade. Além do motociclista, dois dos socorristas morreram no local. O terceiro pedestre foi socorrido com vida e levado ao Pronto-Socorro da Vila Industrial, mas entrou em coma e morreu horas depois.

A polícia obteve informações sobre as características da caminhonete e, até a tarde, ainda procurava o causador do acidente. Já o motorista que se envolveu na batida com o motociclista, Danilo Machado, parou no local e chegou a presenciar o atropelamento, mas não foi atingido.

Ele descreveu o acontecido em sua página numa rede social. “Infelizmente o rapaz da moto avançou o sinal e pegou meu carro. Ele estava com uns dez amigos atrás, mas foi o único que avançou o sinal. Nisso que prestamos socorros, a caminhonete veio e atropelou a todos.”

Uma das vítimas, o radialista esportivo Guilherme Augusto Oliveira, de 29 anos, era conhecido por ser ligado ao esporte na região. Torcedor do São José Esporte Clube, ele havia pedido a namorada em casamento durante partida no Estádio Martins Pereira, em julho deste ano. Oliveira socorria o motociclista quando foi atingido. As outras vítimas são Bianca Magalhães Pereira, de 18 anos; Moisés de Queirós Mathias, de 25, e Lucas Mário Carvalho Vieira, de 22 anos.

 

 

COMENTE

atropelamentossão josé dos campos
comunicar erro à redação