*
 

Uma clínica veterinária de São Paulo denunciou, por meio do Facebook, uma atrocidade que estão fazendo com animais de estimação à venda pela internet. Segundo o post, criminosos estão vendendo cachorros machos como se fossem fêmeas e, para isso, eles cortam o prepúcio do pênis do bicho. Geralmente, os filhotes são vendidos por sites de leilão.

“Atendi um filhote de cachorro de aproximadamente 20 dias. Seu tutor o havia comprado pela internet, como uma fêmea pinscher. Ao chegar em casa, notou um ferimento na barriga do animal e que ele não estava urinando. Com o passar das horas a barriga do filhote ficou bastante inchada. Ao trazê-lo para consulta, examinei e percebi que na verdade se tratava de um macho, que teve o prepúcio cortado para ser vendido como fêmea”, escreveu no post.

Segundo a clínica, o animal passou por uma cirurgia, mas o quadro é instável. A dona do cachorro, segundo a Veja São Paulo, disse que comprou o cachorro no site OLX e era descrito como fêmea. Ela encontrou com o vendedor, que cobrou R$ 350 pelo bicho, em um estacionamento de um shopping da cidade. “Gostaria de pedir a todos que compartilhem e ajudem a conscientizar a população que quer comprar um Pet, que procure locais idôneos para fazê-lo”, pede a clínica no post.

 

 

COMENTE

cachorromutilado
comunicar erro à redação