*
 

É prática comum em outros países, como na Argentina, banhistas baterem palmas ao localizar uma criança perdida na praia, criando um alerta sonoro aos responsáveis. O método, ao que parece, já está conquistando os brasileiros. Foi assim que uma mãe se encontrou com o filho que havia se perdido na Praia de Itaipu, em Niterói, neste último domingo (8/1).

Um vídeo postado nas redes sociais mostra o exato momento em que as palmas começaram. Quem estava na faixa de areia começou a fazer barulho e, logo depois, a mãe encontrou o menino. As imagens chamaram a atenção dos internautas.

“Na praia de Itaipu, a Guarda Municipal ajudou a localizar a mãe de uma criança que estava perdida com um método que está sendo muito comum nas praias em outros países: colocar a criança no colo e todo mundo ao redor começa a bater palmas, assim, os responsáveis que estão procurando, já sabem que por conta das palmas tem uma criança perdida. E funcionou, olha que legal!”, descreve a publicação do vídeo, compartilhado no Facebook pela Prefeitura de Niterói.

Assista:

 

 

COMENTE

Niteróipraia
comunicar erro à redação