*
 

Diante de novas mortes no sistema carcerário do Amazonas, o governador do Estado, José Melo (Pros), solicitou apoio da Força Nacional de Segurança Pública ao Ministério da Justiça. O pedido foi encaminhado à Brasília neste domingo (8/1) horas depois de quatro detentos serem mortos durante a madrugada, na cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus. O local abrigava os presos que foram transferidos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim, o Compaj, que uma semana antes foi palco de um massacre com ao menos 56 presos mortos.

“Senhor Ministro, quando aconteceu o lamentável episódio no Sistema Prisional do Amazonas que ensejou a vinda de Vossa Excelência ao nosso Estado, imediatamente constituímos um Comitê de Crise, integrado pelo Sistema Estadual de Segurança Pública e com a presença do Ministério Público e de outras Instituições afins. Na sua vinda a esta Capital, fui aconselhado pelo Comitê a não solicitar a Força Nacional, uma vez que a situação estava sob controle, restringindo-se os pedidos a Vossa Excelência ao envio de tornozeleiras eletrônicas, scanners corporais, bloqueadores de sinal de celular e recursos para ampliar e reaparelhar o Instituto Médico Legal e o Instituto de Criminalística”, diz o governador em trecho do ofício.

Segundo ele, o novo episódio ocorrido na madrugada de domingo ensejou maior mobilização dos agentes públicos na crise. “Diante do fato novo, do limite em que se encontram os integrantes do Sistema e da recomendação feita pelo Comitê de Crise em conjunto com o Ministério Público Estadual, solicitamos de vossa Excelência o envio da Força Nacional, sem prejuízo de outras solicitações já enviadas, para ajudar as nossas forças, repito, agora exaustas, a superar a crise”, solicita José Melo no documento.

“Cabe enfatizar, por fim, que o envio da Força Nacional ao Amazonas, com seus equipamentos e veículos, tem por finalidade o necessário apoio ao Sistema Prisional deste Estado, que se encontra em dificuldades financeiras em face da crise nacional, daí que os gastos correspondentes sejam arcados pelo Governo Federal, através desse Ministério, na forma da legislação vigente”, finaliza.

Em nota divulgada nesta segunda-feira, o Comitê de Gerenciamento de Crise do governo do Amazonas informou que durante a manhã desta segunda, a Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), realizou a transferência de 20 internos da Cadeia Pública para uma unidade prisional do interior. De acordo com o colegiado, as demais unidades prisionais do sistema não apresentaram, contudo, nenhuma alteração entre a noite de domingo, 8, até a manhã desta segunda.

Roraima
O governo de Roraima também pediu ajuda ao governo federal. Em coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (9) o secretário de Justiça de Roraima, Uziel Castro, e o delegado-geral em exercício, Marcos Lázaro, detalharam o pedido, que inclui 100 policiais da Força Nacional de Segurança para auxiliar “no controle” da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo.

 

 

COMENTE

SegurançaMinistério Justiçaamazonasforça nacional
comunicar erro à redação