*
 

Um restaurante que começou sua operação em Brasília em 1984. Um restaurante que mudou de lugar, mas não de quadra. Um restaurante que soube se atualizar sem perder o que tem de melhor: sua culinária tradicional. O Esquina Mineira é uma prova na capital que é possível fazer comida de qualidade, fresca, temperada e com bom preço.

Esta combinação faz com que seu amplo salão fique sempre cheio mesmo em tempos de crise. Acertar na fórmula pode até parecer fácil, mas exige perseverança e regularidade.

O acerto já começa pela sacada do nome dado há mais de 30 anos. Brasília é uma cidade onde se convencionou dizer que não havia esquina. Mas elas existem e tem uma que não é carioca, mas sim mineira.

E mais: numa capital, como a nossa, onde vieram pessoas de tantos estados, ter um cantinho para relembrar da comida das Minas Gerais ajuda o “estrangeiro” a se sentir em casa e reviver a comidinha de vó, mãe ou tia. Estou mencionando estes fatos, pois seus donos conseguiram levar a atmosfera de Minas para Brasília com a maior fidelidade possível.

Tudo isso não faria sentido se a comida da Esquina Mineira não correspondesse ao nível da culinária mineira, uma das mais ricas do país. O esquema por lá é bufê. Paga-se R$ 44,50, com direito a comer tudo o que quiser, quantas vezes quiser. E aí, é comida a perder de vista. São mais de 30 opções de pratos quentes, diversas saladas e cerca de 20 de sobremesas, com direito a uma cachacinha de graça para abrir o apetite.

Das vezes que fui, comecei montando um pratinho com petiscos. Pães de queijo, linguicinhas de frango e porco, torresminhos e pastéis. Não sou muito fã de torresmo, mas o que comi estava saboroso, crocante e sequinho. As linguiças também estavam bem feitas, apimentadinhas e sem excesso de óleo em sua fritura. Ponto para a casa, já que sabemos que a comida mineira é bem gorda.

Os vegetais ofertados – quiabo, milho, couve e jiló – são cozidos al dente, bem temperados e, quando as panelas ainda não deram sinal de que vão ficar vazias, chega um atendente do restaurante para substituir a porção prontamente, mantendo o frescor dos produtos. Aliás, todo atendimento, do início ao fim, é bastante atencioso e bem orquestrado.

Há um bufê de saladas bem farto em outra estação, separada dos pratos quentes. Folhas tenras, tomate, cenoura e até algumas frutinhas fazem parte desta área, um pouco desprezada para os clientes. Percebi que ninguém quer ocupar espaço das belezuras mineiras com folhas e vegetais.

Reprodução/FacebookO sistema bufê, em geral, compromete o sabor de alguns pratos. O que é cozido e leva muito molho (frango caipira, rabada, feijoada) saem ilesos. Mas alimentos mais secos, como a linguiça, o arroz e o feijão tropeiro vão ressecando com o tempo, apesar da atenção da casa na reposição.

A mandioca cozida segue a tradição mineira: não leva tempero algum, e assim equilibra o sabor de pratos que são bastante temperados, como o pernil. O frango é de fato caipira, o que é perceptível porque a carne é mais consistente, mais escura e o sabor mais pronunciado do que o do frango de granja.

O espaço proporciona conforto. Decorado atentamente com objetos que fazem alusão às tradições de Minas, o Esquina reproduz o clima de fazenda. O bufê principal está à beira de um “fogão” feito de tijolinhos e azulejos hidráulicos. Ao redor da mesa, toras de madeira para serem usadas em um fogão à lenha e um singelo gatinho de pelúcia dão este toque rural.

Reprodução/Facebook

Uma decepção é a notícia de que algumas sobremesas não são feitas na casa, como a goiabada, os dois tipos de doce de leite, os figuinhos em calda. O site precisa urgentemente de atualização. O curso divulgado tem a data de agosto de 2013 e faltam informações importantes sobre cardápio e sobre o restaurante em si. Com certeza, alguma reforma neste espaço virtual ajudaria a visualizar e divulgar melhor o belo trabalho feito pelos seus donos e equipe.

Cortês sim; omissa, não.

DEVO IR?
Sim. E com fome.

PONTO ALTO:
O ambiente e o tempero dos pratos.

PONTO FRACO:
O site precisa de atualização.

Esquina Mineira
704/705 Norte, Bloco D, Loja 42, 3273-7373.

 

 

COMENTE

esquina mineira
comunicar erro à redação